De acordo com o estudo “Economia colaborativa na América Latina”, publicado pela revista Exame, o Brasil está no topo da lista dos países latino-americanos que mais investem na economia compartilhada. Essa boa prática pode ser vista claramente por meio das tendências do mercado imobiliário.

Ainda segundo essa pesquisa, o aumento da qualidade de vida é um dos principais benefícios desse tipo de iniciativa. Sendo assim, neste post, vamos mostrar como essa e outras tendências têm transformado a vida dos moradores de condomínios e também o mercado de imóveis. Vamos lá!

1. Energia solar

Uma das grandes preocupações atuais é economizar os recursos da natureza. No entanto, essa atitude tem resultado também na redução de custos financeiros. Por esse motivo, os novos empreendimentos imobiliários estão adotando a energia solar, que é limpa, inesgotável e possui um bom custo-benefício.

Com esse sistema, é possível produzir energia elétrica e até aquecer água. Para isso, são instalados nos prédios painéis fotovoltaicos, que absorvem a luz solar.

A energia produzida é compartilhada entre todos os moradores. Dessa forma, o valor gasto com a conta de energia elétrica diminui bastante.

2. Mobilidade para todos

Está ficando cada vez mais difícil ter mobilidade nos grandes centros urbanos. Sendo assim, uma das tendências do mercado imobiliário é ajudar a melhorar essa triste realidade. Para isso, alguns novos condomínios contam com uma plataforma virtual que permite o aluguel de carros.

Desse modo, se um morador não possui um automóvel, ele pode locar um dos que ficam disponíveis dentro do seu residencial. Porém, essa prática procura incentivar outra atitude: a dos próprios condôminos fretarem os seus carros quando não estiverem utilizando-os. Certamente, uma boa oportunidade para obter uma renda extra, não é mesmo?

3. Compartilhamento de bicicletas

Abaixar o nível de emissão de gases que provocam o efeito estufa e melhorar o condicionamento físico dos que residem em condomínios são os motivos da iniciativa bike sharing — compartilhamento de bicicletas.

A ideia é que os moradores se cadastrem em um site que oferece esse tipo de serviço e usufruam das bicicletas que ficam disponíveis para o deslocamento deles pela cidade.

Para incentivar ainda mais, alguns residenciais fizeram um vestiário com armários próximos ao estacionamento das bikes, facilitando a vida daqueles que chegam do trabalho e querem pedalar um pouco.

4. Espaço para aprender artes

Para o público que ama as artes, já existem empreendimentos que disponibilizam espaços adequados para a realização de aulas de música, dança e teatro.

Além de incentivar a prática dessas atividades, ter esses locais dentro do condomínio dá mais segurança aos moradores, visto que os pais podem levar seus filhos pequenos para aprender artes sem precisar se deslocar para outro lugar na cidade.

5. Área para estudos

Um lugar equipado para estudar é um diferencial oferecido por muitos dos novos condomínios. Esse tipo de ambiente conta com mesas, cadeiras, televisão e internet.

Desse modo, podem ser lecionadas aulas particulares de idiomas e de outras matérias. Os pais ficam despreocupados por terem seus filhos estudando dentro do prédio.

Além disso, outros moradores que desejam um local adequado para assimilar conhecimento também podem fazer uso da sala.

6. Locais para relaxar

Depois de um dia intenso de trabalho, nada como fazer algo que relaxe a mente e o corpo. Melhor será se essa atividade for realizada dentro do condomínio. Parece um sonho, mas não é.

Alguns empreendimentos já oferecem ambientes completamente equipados para a prática de Pilates. Para isso, é contratada uma escola especializada nesse método para o morador que quiser utilizar o serviço.

7. Serviços básicos

Entre as tendências de mercado imobiliário, está a oferta de serviços básicos de limpeza, arrumação, manutenção e costura. Sendo assim, os moradores não precisam se preocupar em contratar profissionais para realizar esses tipos de tarefas.

Quando precisar, basta solicitar por meio de um aplicativo, que logo terá a sua exigência atendida.

8. Lavanderias com acesso livre

Para condomínios que possuem apartamentos menores, de até 50 metros quadrados, estão sendo criados espaços compartilhados para lavar e passar roupas.

Nesses ambientes, são disponibilizados ferros elétricos e a vapor, além de lavadoras modernas, para serem utilizados quando o morador desejar.

9. Áreas de alimentação e descontração

O aumento da violência e dos preços dos restaurantes tem levado muitas pessoas a preferir fazer refeições em casa, com a família e amigos. Por isso, vários empreendimentos incluíram espaços gourmet dentro de alguns apartamentos e em áreas comuns do condomínio.

Alguns desses espaços oferecem um chef, que recebe os convidados e prepara as refeições. Esses ambientes possuem bancadas, mesas, churrasqueiras e uma área para as pessoas jogarem, verem um filme ou apenas passar o tempo conversando.

10. Lugares para trabalhar

O número de pessoas que trabalham em casa (home office) está aumentando. De olho nessa tendência, alguns empreendimentos estão sendo construídos com um espaço coworking — escritórios compartilhados.

Nesses ambientes, os moradores que não querem trabalhar dentro de casa têm à sua disposição, no próprio condomínio, toda a infraestrutura de que precisa para realizar o seu ofício.

Para aqueles que necessitam realizar reuniões ou fazer apresentações de trabalho, existem salas próprias para isso. Desse modo, o morador evita ter de alugar um local para esse fim.

11. Conforto para receber visitas

Outra grande ideia que os projetos mais recentes tiveram foi incluir no condomínio apartamentos menores, para serem alugados pelos moradores. Mas com que objetivo? Para que eles recebam com mais conforto as visitas.

Desse modo, os visitantes desfrutam de uma moradia convencional e mobiliada, exclusiva para sua estadia. Por outro lado, o condômino não precisa se preocupar com uma possível falta de acomodação para receber a família e amigos.

Depois de ler sobre todo esse conforto, certamente vem aquela vontade de morar em um condomínio que ofereça todas essas mordomias, não é mesmo? O melhor de tudo é que sempre haverá novidades para dar ainda mais comodidade e bem-estar ao público do setor imobiliário.

O que achou do nosso artigo? Gostou de conhecer as tendências do mercado imobiliário? Então, compartilhe com seus amigos nas redes sociais essa incrível descoberta!

Conheça nossas possibilidades de Apartamentos na planta em Sorocaba pela Construtora Planeta!