Já sentiu seu coração acelerado, músculos contraídos e respiração ofegante diante de uma situação de pressão extrema? Essa é a reação do nosso organismo ao perceber uma ameaça: reage liberando os hormônios do estresse, como o cortisol e a adrenalina, com o intuito de despertar o corpo para reagir a esse tipo de situação.

O estresse é a resposta física normal à pressão, preparando o organismo para fuga ou luta. Porém, com um mundo operando a todo vapor, fomos obrigados a nos adaptar, realizando inúmeras tarefas simultaneamente, o que leva o sistema nervoso a acreditar que está sob perigo.

Essas situações ocorrem inúmeras vezes ao longo do dia e podem acarretar danos à saúde quando passam a atrapalhar a qualidade de vida. Então, é necessário buscar maneiras de combater essa condição.

Continue a leitura deste post e conheça 11 dicas sobre como reduzir o estresse e mude a sua vida!

1. Não se esqueça de respirar

Você deve estar se perguntando qual o nexo dessa dica, não é? Afinal, não há como um ser humano esquecer de respirar, já que isso é essencial para que ele viva. Porém, o que muitos não sabem é como a respiração pode ser uma fonte de alívio para o estresse.

Uma das técnicas mais indicadas por especialistas é a respiração abdominal e profunda. Ela consiste no movimento repetitivo de inspirar pelo nariz, contar até 5 e expirar pela boca, contando até 10.

Apesar de parecer uma técnica inofensiva, respirar lentamente permite maior oxigenação das células do cérebro e, consequentemente, redução da pressão e do estresse.

2. Faça autoanálises constantes

Ninguém melhor do que você para conhecer o seu organismo, concorda? E essa é uma ótima maneira de identificar as suas fontes de estresse. Separe alguns minutos do seu dia, preferencialmente durante a noite, e verifique quais foram as atividades que resultaram em maior tensão.

Após isso, elabore uma lista das 10 atividades mais estressantes, buscando encontrar uma maneira de aliviar a tensão causada por elas. Mesmo que você não tenha controle total sobre elas, há sempre uma forma de atenuá-las e torná-las menos estressantes.

3. Evite desperdiçar tempo

As inúmeras tarefas do dia a dia acabam nos sobrecarregando e aumentando a carga de estresse e responsabilidade. Por isso, uma dica importante para reduzir a tensão diária é eliminar as obrigações desnecessárias, sejam elas profissionais, cívicas, familiares ou até mesmo domésticas.

Para que você tenha uma ideia melhor de quais obrigações pode eliminar da sua rotina, busque avaliar cada uma de maneira individual, e veja qual delas pode ser realocada ou até mesmo substituída por uma tarefa mais simples e que gere menos estresse.

4. Estabeleça limites

Como já falamos aqui, uma das principais causas do estresse é a sobrecarga de tarefas. E, muitas vezes, isso é resultado de ações próprias. Muitos de nós acreditamos que ter o controle sobre tudo é o melhor a se fazer, mas há controvérsias.

Planejamento é importante sim, porém, é necessário entender que não há como premeditar todos os acontecimentos, seja em casa ou no trabalho. Assim, uma opção para evitar o estresse por esse motivo é buscar ter um plano B, e até um C, para quando algo sair do que foi esperado.

5. Não deixe de fazer o que gosta

Ao fazer sua autoavaliação, não deixe de procurar compreender quais são as atividades que você pratica durante o dia e que lhe dão prazer. Se a sua resposta for nula, existe um problema que precisa ser solucionado!

Não deixe seu hobby de lado para cumprir todas as obrigações. Isso não somente fará com que você alivie a tensão do dia, mas também permitirá que execute as tarefas de maneira mais produtiva e eficiente. Para conseguir fazer aquilo de que gosta, faça um cronograma diário com as suas obrigações e encontre um tempo para praticar seu hobby.

6. Pratique esportes

Este tópico pode acabar parecendo contraditório quando relacionado com o de cima — afinal, eu devo fazer aquilo de que gosto! Algumas atividades podem não ser prazerosas no início, mas possuem ótimos resultados para o corpo e a mente quando praticadas, como o exercício físico.

Caso você não se interesse por academia, busque outras atividades que se assemelham ao seu perfil, como corrida, natação ou até mesmo uma simples caminhada. Além de ajudar a colocar os pensamentos em dia, o exercício físico reduz a quantidade de cortisol e libera endorfinas na corrente sanguínea, promovendo o bem-estar.

7. Cuide da sua alimentação

Assim como a prática de esportes, a alimentação é também uma aliada para o bem-estar físico e mental do ser humano. Por isso, é importante também estar atento aos alimentos consumidos — alguns deles podem inclusive elevar o nível de estresse!

Invista em alimentos que tenham fibras, como a maçã; vitamina C, como a laranja; e antioxidantes, como o gengibre. Além de auxiliar na digestão e evitar que o organismo fique intoxicado, eles auxiliam na prevenção de doenças, ajudando ainda mais na redução do estresse.

8. Fuja da rotina

A correria do dia a dia, com filas, locais lotados e trânsito constante são fatores que acabam elevando o estresse. Então, que tal fugir um pouco dessa rotina cansativa indo para um lugar mais tranquilo?

As cidades menores, no interior, são uma opção, já que ficam próximas aos grandes centros e, devido a isso, o acesso é fácil. Por isso, quando sentir que a pressão está demasiada, vá com seus filhos para esses locais, além de proporcionar um ambiente calmo e tranquilo, eles reduzem o nível de estresse.

9. Preze pela simplicidade

Muitas vezes, em busca da perfeição para realizar as tarefas ou até mesmo por necessidade, acumulamos inúmeras tarefas que nos deixam sobrecarregados e, consequentemente, estressados. Então, que tal investir na simplicidade? Torne suas tarefas diárias o mais simples possível. Não é necessário que tudo seja feito com o maior nível de detalhamento — muitas vezes menos é mais!

10. Faça da sua casa o ambiente favorito

Você já percebeu como nos sentimos bem em nossa casa? Depois de um dia estressante, tudo o que queremos é voltar para nosso lar e descansar, não é mesmo? Então, não deixe de investir nesse fator: tenha condições de moradia e lazer completo! Faça da sua casa o ambiente perfeito para descansar e se divertir, evitando transtornos e qualquer fonte de estresse nesse ambiente.

11. Organize-se

Você já percebeu como a organização, por menor que seja, melhora significativamente o ambiente? Então, por que não implementar isso também na sua vida pessoal? Muitas vezes, as causas do nosso estresse diário são as inúmeras tarefas acumuladas, que acabam chegando a esse ponto pela falta de otimização das atividades.

Portanto, não deixe que atividades acumuladas acabem atrapalhando seu desempenho e você deixe de dar preferência ao que é essencial para a sua vida, como família, lazer e amigos. Uma rotina organizada permite que tudo seja resolvido da melhor maneira, sem que seja necessário renunciar aos prazeres da vida.

Percebeu como reduzir o estresse é possível com simples atitudes? Quer conhecer mais dicas como essas? Então nos siga nas redes sociais! Estamos no Instagram e no Facebook!