Quando compramos um imóvel ainda na planta, já voltamos para casa com a expectativa e os planos a partir dos prazos de entrega prometidos pela construtora. E, tão logo a construção é iniciada, o sentimento passa a ser de ansiedade para conferir todos os detalhes da obra em andamento, não é?

Pois saiba que esse acompanhamento é um direito garantido dos futuros proprietários, assim que o contrato é assinado. Por isso, as empresas bem conceituadas disponibilizam recursos que possibilitam informar cada etapa até a conclusão.

Portanto, se você pretende adquirir um imóvel e quer acompanhar cada detalhe para não ser surpreendido com possíveis atrasos, veja o post que preparamos hoje. Confira!

Escolha uma construtora com boa reputação no mercado

Está aí um bom começo para você que gosta de segurança e tranquilidade para planejar seus projetos, principalmente quando se trata de adquirir um imóvel para morar. Afinal, é muito importante estar atento às cláusulas do contrato, como prazo final de entrega e materiais utilizados. Mas, se a empresa em questão não for confiável, esqueça!

Então, se pretende morar em um apartamento, por exemplo, quando for visitar a unidade decorada, lembre-se de considerar, também, o histórico da empresa responsável pela obra. Você pode fazer isso, por exemplo, com uma rápida pesquisa nos sites de buscas e nas redes sociais.

Caso as recomendações sejam as melhores possíveis, é hora de partir para o próximo passo!

Esteja a par de seus direitos

Embora muitas pessoas não tenham conhecimento do direito de acompanhar a obra em andamento, a Lei 4.591 existe desde 1964. Ela dá respaldo tanto para que os prazos sejam acompanhados, quanto para a conferência do material utilizado.

Conforme o artigo 55 dessa lei, se em um edifício, pelo menos três apartamentos já foram vendidos, é hora de chamar os primeiros compradores para formar a “Comissão de Representantes”. O dever de mobilizar e informar os compradores sobre a comissão é da própria construtora.

Porém, é sempre bom estar atento, pois muitas empresas acabam negligenciando tal informação. Nesse caso, vale destacar que a iniciativa pode partir do próprio cliente, inclusive, com a mobilização dos demais compradores.

O melhor caminho é buscar o contato desses compradores por meio dos canais de venda, que têm a obrigação de fornecê-lo. Caso contrário, a situação pode ser levada ao Ministério Público.

Confira a legalidade da construção

Assim como é importante verificar a idoneidade da construtora antes da compra do imóvel, é fundamental conferir a legalidade do projeto. Como diz o ditado popular “é melhor prevenir do que remediar”, não é verdade?

Claro que escolher uma empresa capacitada e com reconhecimento no mercado já foi um grande passo para que as próximas etapas não passem de simples conferência. Mas, não custa verificar!

Dessa forma, assim que a comissão for formada, os representantes podem tomar algumas providências, como solicitar o número da matrícula do prédio em construção. Em seguida, é bom tomar ciência das certidões que confirmem a legalidade do projeto. Elas podem ser solicitadas no Cartório de Registro de Imóveis.

Avalie se o material entregue confere com o prometido

Você sabia que o acompanhamento da obra pode começar desde a entrega do material no canteiro? Isso porque uma das queixas campeãs de reclamações diz respeito à substituição do material registrado no memorial descritivo por produtos mais baratos e de qualidade inferior.

Portanto, um dos primeiros compromissos da comissão é fazer uma visita ao canteiro de obras. Caso sejam identificados materiais diferentes daqueles previstos em contrato, o novo proprietário deve solicitar a correção dessa falha. Se a situação não for regularizada dentro de 30 dias, aí sim, a justiça poderá ser acionada.

Acompanhe o porcentual de andamento de cada etapa

Uma boa maneira de saber se todas as etapas estão sendo executadas dentro do prazo é por meio do porcentual de andamento. Aliás, esse tipo de serviço é proposto por algumas das mais renomadas construtoras, pois elas entendem que manter os clientes bem informados é um compromisso da empresa.

Então, imagine só um com copo medidor, cuja capacidade máxima seja equivalente à conclusão de uma obra em andamento. Sendo assim, a construtora envia para o cliente o porcentual a cada conclusão de uma etapa (cada medida do copo), representado dentro de uma perspectiva total.

Assim, o prazo de cada etapa pode ser facilmente comparado com o do material descritivo. Junto com essa espécie de gráfico do empreendimento, o cliente ainda recebe uma imagem da fachada do imóvel.

Utilize os aplicativos que atualizam imagens

A viabilidade dos aplicativos invadiu também as empresas especializadas em construção. Com eles, de casa ou do trabalho é possível receber fotos sobre a obra em andamento.

Além de ser um recurso considerado de baixo custo pelas empresas, os clientes recebem notificação sempre que novas fotos da construção estiverem disponíveis. E tudo direto no aplicativo móvel.

Vale lembrar que esse recurso é excelente para revelar a movimentação da obra, mas nem sempre essas fotos demonstram o estágio em que a construção se encontra.

Isso porque será impossível identificar exatamente o caminho percorrido e compará-lo com o material descritivo. Outro ponto a ser considerado é que, antes da fase de acabamento, uma obra não apresenta mudanças de fácil identificação.

Visite a construção esporadicamente

Os futuros donos do imóvel em construção também têm o direito de visitar a obra, mesmo que não integrem a Comissão de Representantes. Mas, por questões de segurança, é importante combinar um horário com a construtora.

Além do mais, dá para imaginar uma visita chegando a sua casa sem avisar? Pois é, sem dúvida isso traria problemas. O mesmo vale para a organização da obra de um grande empreendimento, como um edifício. Se cada proprietário chegar, a todo instante, para visitas, o ritmo de trabalho será comprometido.

Bom, você já tem todos os passos para ficar bem informado durante a obra em andamento, não é mesmo? É fundamental também não esquecer de pesquisar bastante sobre o histórico da construtora. Assim, você certamente terá menos dor de cabeça mais adiante. Agora, assine nossa newsletter e receba novidades sobre os empreendimentos!